2 Estratégias Poderosas de Reprogramação Cerebral para Eliminação de Crises de Pânico Na Prática

2 Estratégias Poderosas de Reprogramação Cerebral para Eliminação de Crises de Pânico Na Prática
Avalie esse artigo

Cheguei…

Oi, é o Vini aqui e eu tô muuuuuuuito feliz que você chegou até aqui. Borá lá que esse é mais um post sobre controlar síndrome do pânico e é bem longo. Escrevi tudo isso abaixo com muito carinho e com conteúdo extremamente impactante exclusivamente para você aqui que já acompanha ou está chegando hoje aqui no Projeto Instituta, e especialmente pra você que sofre com crises de pânico. 😉

Nós somos animais linguísticos! Podemos nos recriar linguisticamente para melhor ou para pior, isso vai fazer mais sentido pra você no decorrer desse post.

Já adianto que esse post é longo! Se você tem interesse no assunto, leia com atenção! 🙂

Mas aí… Só não vai querer escanear o post, né? Passar o mouse rolando por cima pra ver apenas um tópico. Ai ficarei chateado… Demorei 4 horas para escrever tudo isso, imagina você chega até aqui e escaneia em 5 segundos? Ficarei triste!

ATUALIZAÇÃO: Gravei um vídeo onde eu conto sobre a sacada valiosa do ex-portador que também se encaixa nesse post. Pode assistir o vídeo também e ler o post! 🙂

 

Esse post tem alto impacto de transformação, desde que você aplique. Muitas fichas irão cair…

O que vou compartilhar com você são técnicas EXCLUSIVAS para que você reprograme seu cérebro que eu descobri e que na NA PRÁTICA funcionaram MUITO bem pra mim, embora a PNL já existia antes disso. E uma dessas técnicas é EXCLUSIVA minha e você não irá encontrá-la em outro lugar, depois desse post poderá até encontrar hehe. Ficou até honrado em saber que isso veio de mim e que muitas pessoas já estão aplicando e tendo resultados!

Até o momento o conteúdo que irei compartilhar com você estava disponível apenas em meus materiais avançados e fechados, mas agora estou abrindo aqui publicamente pra você pq eu acredito que eu compartilhando, conseguirei impactar positivamente muito mais pessoas, afinal esse mesmo material não é intuitivo. E se mais pessoas tiverem acesso a ele, irei colaborar em diminuir as dificuldades que as mesmas passam, desde que aplique, é claro…

Já imaginou como seria se você tivesse o poder de entrar numa jornada de reprogramação cerebral e mudar a maneira que você pensa, fala e age para eliminação de crises de pânico? Vem comigo…

Exatamente aqui nesse post irei apresentar conceitos, ferramentas e exercícios para você reprogramar a maneira que você pensa, age e fala diante de crises e no seu dia-a-dia. E uma das sacadas que passarei aqui, você só encontrará aqui. Afinal, é uma técnica exclusiva minha que criei durante quando sofri com crises.

Aquele aviso rápido maroto antes de começar…
caution-152926_640

Novamente, esse post não tem intuito de ser perfeito e cada um sabe o que é melhor pra si. O conteúdo que compartilho aqui no Projeto Instituta foi totalmente APLICADO por mim, e não apenas lido em livros. Ou seja, não estou enchendo sopa de letrinhas aqui pra ganhar fama ou alguns compartilhamentos, e sim, passando o que realmente FUNCIONOU pra mim. O restante, é consequência. E em hipótese alguma deverá ser usado como substituto de consultas ou tratamentos. Grato. 🙂

Você faz parte dos 86% que está no PILOTO AUTOMÁTICO na sua vida?

86% das pessoas que me seguem, estão insatisfeitas com a vida ( Fonte: Última pesquisa minha – Julho/2015). E pelo menos 80% está no piloto automático. Trabalha num emprego que não é o que ela escolheu e faz isso pra ganhar dinheiro pra sustentar uma vida que não é a que ela queria, e pior ainda, ainda sofre com as crises. Como dar a volta por cima então diante de uma vida “tão difícil”? 
ps: As outras 6% já encontraram seus propósitos e estavam resolvendo as questões.

Vou te questionar algumas vezes, não fique bravo(a). Algumas fichas vão começar a cair..

Antes de falar de como dar a volta por cima, deixa eu pegar o gancho aqui da “vida tão difícil”…
Quem disse pra você que a vida precisa ser dura? Quem foi que disse que você precisa trabalhar das 08 às 18 pra ganhar dinheiro? Onde ta escrito que a vida precisa ser difícil? Quem foi que disse que o seu emprego atual é o único? Quem foi que disse que papai noel existe? E coelho da páscoa? Crenças… As crenças são como programinhas instalados em nossas cabeças, principalmente de acontecimentos passados, nossa infância e o contágio social (falei no post anterior – clique aqui pra ver) e podem ser mudadas através de acontecimentos de forte impacto emocional,

Se todos nós temos 365 dias por ano, 7 dias por semana e 24 horas por dia, porque algumas pessoas tem a vida tão boa e as outras “tão difícil”, se as mesmas condições são favoráveis pra todos? Seriam pessoas de ação Versus pessoas na zona de conforto? Seria a falta de foco de algumas pessoas? Quando digo foco, é FOCO de vida. E Não foco de sentar numa mesa vazia e produzir igual um louco. Esse é o poder do foco da nossa vida.

Onde você foca a sua vida? No problema ou na solução?

E se tu vier pra mim agora com o papo de que é pq elas nasceram ricas, eu sou obrigado a discordar. O simples fato de TER dinheiro não se sustenta, se você não SER e AGIR como uma pessoa financeiramente bem sucedida. É como TER uma FERRARI e não ser financeiramente bem sucedido pra bancar os gastos. Entende agora pq não se sustenta?
Então, se você realmente quiser eliminar as crises de pânico, precisará aprender a focar naquilo que realmente irá te trazer benefícios contra as crises e sair do piloto automático de viver por viver como agente passivo e aguardar que os resultados magicamente apareçam pra você tomando comprimidos diários.

Vini, e remédio pra síndrome do pânico? Resolve? Cura? É bom? Você indica?

Vê se você compartilha o mesmo tipo de pensamento que eu… Se o remédio resolvesse, porque existem pessoas que tomam há anos e ainda não se livraram das crises? (Não estou julgando o remédio, calma lá hein).homem-de-remedios1
O remédio ajuda sim. Ele te proporciona um ambiente FAVORÁVEL pra VOCÊ mudar esse jogo, mas se você ficar esperando na frente da tv e assistindo o Marcelo Rezende falando “Corta Pra Mim” e assistindo notícias de tiro, morte, o tempo todo e e esperando que ele resolva sua vida, é melhor sentar pq você vai cansar…
É duro? Claro que sim. Não tô aqui pra passar a mão na cabeça de ninguém, e sim PRA TE AJUDAR a mudar o seu tipo de percepção do mundo ( o seu Mindset ) e dos problemas pra que você tome ações com foco em resolver e não em reclamar. Meu jeito é assim mesmo.. Se você achar que estou falando “duro de mais” é só imaginar como se fosse igual nas minhas aulas ao vivo. Palavras não expressam sentimentos e isso é ruim.

Como se livrar das crises de pânico?

panic
Se você quer realmente se livrar das crises, precisará tomar AÇÕES que estejam alinhadas fortemente com seu  PROPÓSITO/RAZÃO/PORQUE maior que irei comentar a seguir.
Tem poder quem age. E mais poder ainda quem age na direção certa. – (Paulo Vieira, O Poder da Ação)

Você está no piloto automático das crises?

Você simplesmente faz os tratamentos porque tem que fazer ou tem uma razão por trás, tipo voltar a viajar ou ir pra academia?
Pare e pense: Imagine que estou na sua frente agora e eu te pergunto:
Qual a sua RAZÃO/PORQUE/PROPÓSITO (você escolhe como quer chamar) para lutar contra as crises?
O que você me responderia? 🙂

Você tem uma RAZÃO/PORQUE/PROPÓSITO?1

Já parou pra pensar que você pode estar lutando com algo sem motivo algum? Se você não tem motivo, de onde irar buscar a sua MOTIVAÇÃO? (Pliimmmmmmmmm…. Olha as fichas caindo…).

Se você não sabe, deixa eu te ajudar com um exemplo simples.

Responda: O que você tenta fazer hoje que as crises de impedem, mas que você gostaria de voltar a fazer muito? Poderá ser um (ou mais) grande motivo.

Ainda não acabou… Está gostando desse post?

Cadastre-se na minha lista e receba mais materiais exclusivos. Se você sofre apenas com ansiedade, use o formulário do topo do site. Mas se sofre com crises, use o formulário abaixo.

Crises de Pânico? Receba o Meu Material ESPECIAL para Controle e Eliminação!

Para receber minhas dicas gratuitas, aulas ao vivo, vídeos, mini-cursos e até mesmo meus programas mais avançados quando eu abro vaga, cadastre-se abaixo gratuitamente. >

 

Vamos ver se eu acertei quando você foi diagnosticado com pânico e o que fez… Ou se errei e foi bola fora…

As chances são (quase sempre) que você foi diagnosticado com crises de pânico por algum motivo (talvez você saiba, talvez não – se souber é 50% resolvido) e a primeira coisa que você fez(assim como eu) foi:

  1. Ir ao pronto-socorro (se a primeira crise foi de repente)
    ou
  2. direto à um psicólogo ou psiquiatra buscar tratamento (terapia e/ou remédio).

Certo? Bola dentro! Tem algo de errado com isso? É claro que não!

Mas… olhando um pouco mais adiante, há sim um problema… E muito grave e que pode ser até mesmo o SEU!omg1

– Aguardar que num passe de mágicas os fatores externos (remédios, etc) tragam o resultado (“a cura”, controle, eliminação) que ela tanto espera…

Como grande maioria da população, quando se vê diante de um problema, se coloca como o passivo ou a vítima da situação e simplesmente aguardar que as condições exteriores resolvam os problemas delas. Geralmente quando contam algo “trágico” acabam colocando uma quantidade enorme de detalhes para que a pessoa que leia/ouça aquilo, sinta pena/dó. Conhece alguém assim?

Em outras palavras, aguarda que o remédio “cure” a vida dela. E se o remédio nao faz efeito, ela reclama e fala que não aguetna mais. Mas não é bem assim… Não estou condenando o uso de remédios, de maneira alguma. Eu já vou chegar no ponto aqui, mas mais pra baixo…

E quando você vira o AGENTE PASSIVO / A VÍTIMA da situação, se culpando ou aguardando as coisas acontecerem na sua vida, VOCÊ PERDE O PODER, não só de controlar as crises, como o PODER de CONTROLAR e CRIAR SUA PRÓPRIA VIDA.

Você tem o PODER para Controlar e Eliminar as Crises. Você só precisa se tornar o AGENTE ATIVO da circunstância (Vinícius Tadeu, Projeto Instituta)

No entanto, deixa eu te fazer uma pergunta que vai fazer você coçar a cabeça…mulher-coca-cabeca-dermatite-doenca-pele-saude-5044

Quando você sai na rua, você sai por sair? Tipo “Ah, hoje eu vou sair” .. Pra onde? “Não sei… vou sair apenas””. Não, né? Quando você sai, 99,9% das vezes você tem um PORQUE, uma RAZÃO pra sair de casa. Seja ir no mercado, seja ir numa consulta, seja fazer uma viagem. E onde eu quero chegar com isso?
Quando você tem essa RAZÃO BEM DEFINIDA você tem uma caminho pra seguir. Agora se você não tem, uma coisa eu te digo.
Se você não sabe pra onde vai (razão), qualquer caminho serve.
Imagine sair na rua com aquele monte de ruas. Se você não sabe onde quer chegar, qualquer rua irá servir.
Mas no nosso contexto aqui de crises, as coisas mudam… Se você não sabe pra onde vai (sua razão pra sair das crises), NENHUM caminho vai servir (tão bem).

Como assim, Vini? Nenhum?

 

É isso mesmo, se você não tem um porque bem definido ou até mesmo um porque bem fútil, você simplesmente fará os tratamentos porque precisam ser feitos, como se fosse um emprego fixo que te obriga a trabalhar das 8 às 18, mas que voce preferiria não estar la.

Como você se motivará a agir em busca no sucesso contra as crises sem um porque definido?

Qual era o MEU porque?

 
No meu caso, eu tinha um porque muito bem definido. Eu queria voltar pra a academia! Eu tinha um corpo relativamente aceitável na época (pra mim), mas quando comecei com esses episódios, emagreci e comecei a engordar e a autoestima ohhhh…. Foi lá no fundo do poço. Então meu porque era voltar a treinar!
Então eu tinha um MOTIVO(razão) pra lutar(ação) contra as crises. Uma FORTE razão que me fazia levantar todo dia e buscar resolver isso o quanto antes, afinal, EU ESTAVA NO COMANDO. Eu acredito no seu poder pessoal de resolver as coisas! Seja o AGENTE ATIVO, e NÃO O PASSIVO que só reclama das coisas.

Você foca no problema ou na solução?

 
Quando o pneu do seu carro fura, o que você fala?
1. Puxa! A bos#23@2 do Pneu do carro furou logo agora? Vou me atrasar! Estou ferrado!
ou
2. Puxa, o pneu do carro furou! Não dei atenção necessária a ele! O que eu preciso fazer pra trocá-lo agora?
E quando você tem uma crise, o que você fala? 😛
1. $(*#$(*^#$* de novo essa 8#$&*7 de crise?? Não aguento mais tudo isso, já fiz e tudo e nada da certo pra mim. Isso nunca vai passar.
ou
2. É ótimo que estou tendo crise novamente, por mais difícil que seja lidar com elas, é sinal de que as coisas comigo ainda não estão 100% Oks e me vitimizar não vai resolver o que estou passando, e muito menos fazer com que as pessoas sintam pena de mim. No entanto, quais são as alternativas que tenho para buscar ter resultados diferentes contra essas crises? O que causou esse última crise? Foi o café? Foi a palestra? O que foi? Como posso resolver para que isso não aconteça de novo? Parar de assistir tv? Parar de me relacionar com pessoas pessimistas? O que?
Bom, guarda pra você a resposta. Mas qualquer uma das falas que você comunicar, eu sou obrigado a CONCORDAR com você!
Se você acredita que pode ou acredita que não pode, em ambos os casos você está certo. É melhor você mudar para que PODE porque assim você aumenta significativamente suas chances de eliminar as crises. Afinal, se você PODE, você PODE! Mas se você acredita que não pode, porque irá se esforçar então? Faz sentido pra você?
Onde você foca na sua vida? Se você não sabe, dá uma lida nesse post que fiz no meu site pessoal. Mas cuidado que esse material avançado é de forte impacto (positivo) na sua vida. Clique AQUI para ler sobre O PODER DO FOCO.. 😉
Se você tem o poder de escolher onde focar, foque naquilo que pode e não naquilo que não pode. Pode na resolução, e não no problema. (Vinícius Tadeu, Projeto Instituta)

A Sacada do “Ex-Portador” que eu Criei que é PODEROSÍSSIMAbrushes hommer os simpsons - png photoscape by thataschultz4

Bom, antes de eu entrar na primeira sacada que é a da comunicação de EX-PORTADOR, preciso usar um exemplo pra você que trata de DINHEIRO e DÍVIDAS pra que você realmente entenda o conceito e quão poderoso ele é.
Imagina uma pessoa que é cheia de dívidas hoje, mais especificamente tem 50 mil reais de saldo devedor hoje e por conta disso ela sempre lembra das mesmas, lembra e reforça que está sem dinheiro e age e fala como pessoa pobre e sem dinheiro. 
 
Eu te pergunto:  Qual a chance dela dar a volta por cima muito mais rápido? Baixíssima, não é mesmo? Já que ela ta agindo e falando como pessoa que vê o dinheiro como algo escasso, difícil e que está cheia de dívidas e não tem mais jeito, segundo ela.
 
Agora imagina essa mesma pessoa recebendo um cheque de 3 milhões de reais HOJE, porém, esse valor só será compensado na conta dela daqui 3 anos. – Um acontecimento 
Ai eu te pergunto novamente: Você acha que daqui pra frente ela vai agir e falar como se fosse uma pessoa pobre e cheia de dívidas? É claro que não! Ela sabe que daqui a 3 anos ela irá quitar essas dívidas e ainda terá uma grande quantidade de dinheiro pra ela fazer o que bem entender.

Como isso é trazido e aplicado no nosso contexto…

 
Imagina você, assim como eu, usar esse mesmo conceito de dívidas e dinheiro mas no caso, remover o reforço de que está com crises, que está ruim e aconteceu um acontecimento agora (literalmente) que fará você pensar, falar e agir como um ex-portador de pânico que não sente medo, insegurança, sensação de vazio…
Comunicação Verbal:
 
Eu tenho síndrome do Pânico
ou
Eu sou ex-portador de pânico?
Comunicação não verbal:
Agia com medo, desconfiado, inseguro e sensação de vazio
ou
Agia normalmente como um ex-portador de pânico?
Bom, eu já falei todas e preciso confessar pra ti que reforçar que você tem síndrome do pânico, que tem medo, insegurança, sensação de vazio, depressão, NÃO IRÁ te catapultar em busca do sucesso contra crises. Afinal, se você está reforçando isso pra si mesmo, só está mandando uma mensagem que fará você lembrar disso e eu não consigo enxergar um bom motivo pra você se recordar de tal.
Agora imagina depois que eu mudei esse padrão verbal para que eu era EX-PORTADOR DE PÂNICO e que não tinha mais crises, então não precisaria mais ficar com medo, inseguro e com sensação de vazio? Como você acha que foram os resultados? ÓTIMOS. Afinal, se eu passei a reforçar pra mim mesmo que não tenho mais isso, pq raios vou agir com medo, insegurança, etc?

Talvez você se pergunte…

 “Vini, mas se eu mudar e falar a partir de hoje que sou EX-PORTADOR DE PÂNICO, vai funcionar rápido?”
Não digo que será rápido e nem que irá demorar, mas você terá resultado um diferente. No caso da Franciele Santos, essa sacada caiu como uma luva que ela se livrou das crises muito rápido (Assista o Depoimento dela aqui).

Liste as Suas Dificuldades – O Que As Crises de Impedem de fazer hoje?

Esse ponto é chave também. Você precisa saber ONDE ESTÁ HOJE e o que AS CRISES DE IMPEDEM DE FAZER. Afinal, se você não sabe onde está e pra onde quer ir, não vai adiantar.
Vamos lá, papel e caneta e bora identificar.
O que você TEM MEDO ou EVITA por conta das crises?
Exemplos:
  1. “Eu evito ir na academia por medo de morrer”
  2. “Eu tenho medo de andar de ônibus e passar mal e as pessoas rirem de mim”
  3. “Eu tenho medo de lugares fechados por achar que ficarei preso”Faça as suas agora…
    1.
    2.
    3.
    (quantas achar necessário, não há limite)

PLIMMMMMMMMM… Olha as fichas caindo novamente…

Olha a quantidade de coisas que você reforça pra si mesmo diante às suas dificuldades? Como você irá buscar forças para continuar? Como você criará situações favoráveis pra você se livrar dessas crises?

Ainda não acabou… Está gostando desse post?

Cadastre-se na minha lista e receba mais materiais exclusivos. Se você sofre apenas com ansiedade, use o formulário do topo do site. Mas se sofre com crises, use o formulário abaixo.

Crises de Pânico? Receba o Meu Material ESPECIAL para Controle e Eliminação!

Para receber minhas dicas gratuitas, aulas ao vivo, vídeos, mini-cursos e até mesmo meus programas mais avançados quando eu abro vaga, cadastre-se abaixo gratuitamente. >

Vamos deixar isso mais gostoso de jogar?

Imagina que as crises de pânico são como um jogo. Você gosta de perder um jogo? Eu não. – (Vinícius Tadeu, Projeto Instituta)

Vamos mudar esse padrão agora em busca do sucesso contra as crises!

Quando você se ver diante daquele tipo de pensamento e/ou situação, você vai mudar o seu padrão linguístico imediatamente e REFORÇAR isso DIARIAMENTE pra você ao ponto de instalar uma nova crença na sua mente de que você realmente pode e isso se torne a nível normal de pensar, agir e comunicar:

  1. Sou capaz de ir na academia e treinar normalmente, não tenho que me preocupar em ter ou não crises e muito menos de morrer, afinal, sou ex-portador de pânico a partir de agora e irei agir como tal. Ex-portadores de pânico tem medo de ônibus? Não! Então eu também sou e não tenho!
  2. Me sinto bem andando de ônibus. Não tenho medo de passar mal durante a viagem, afinal, eu sou ex-portador de pânico e partir de agora eu irei agir como tal. Ex-portadores de pânico tem medo de ônibus? Não! Então eu também sou e não tenho!
  3. Me sinto bem em lugares fechados e isso não me traz medo. Sou ex-portador de pânico e já que eu não tenho mais pânico, irei agir como tal e não terei medo.

Imagina você com esse tipo de pensamento e forma de agir diariamente? Como você acha que irá se sentir daqui 1 semana? 2? 3? Teste e me fale! Eu quero que você me escreva um e-mail dizendo!
SEU PRÓXIMO PASSO PARECE “IDIOTA DEMAIS PRA FAZER” MAS NÃO É… JUST DO IT!

Bom… seu próximo passo é IMPORTANTÍSSIMO! É justamente REFORÇAR isso diariamente pra você mesmo até que essas novas crenças e padrões sejam instalados, assim como se fosse um hábito. Será desconfortável no começo, afinal, você precisará sair da sua zona de conforto pra mudar esse padrão. Você está disposto a pagar o preço por isso para se livrar das crises? Aqui te apresentei mais uma PODEROSA ferramenta que faz parte do meu programa fechado e avançado.

Se você ainda está lendo até aqui, certamente está completamente interessado em se livrar das crises. Então seu próximo passo agora é fazer DIARIAMENTE o reforço dessas crenças pra você. E como você fará isso?

ATENÇÃO para o Passo a passo:

  1. Pegue um caderno com algumas folhas vazias e caneta;
  2. Qual foi o primeiro item da sua lista de mudança de comunicação? (Ex: Sou capaz de ir na academia…….);
  3. Pegue esse item e ESCREVA 50 (CINQUENTA) vezes no seu caderno. ESCREVA NO CADERNO, e não no computador;
  4. E para CADA vez que você escrever a frase, irá FALAR e REPETIR EM VOZ ALTA mais 4 (quatro vezes).
    Obs: Se você colocou 15 itens, DEVERÁ fazer com os 15, caso contrário, suas chances de continuar tendo crises aumentam. Você quer isso pra você? Não né? Então faça e deixe de se importar se isso será “ridículo” ou “idiota demais pra eu fazer”. Igual aquele negócio da Nike:  “Just do it” = Apenas faça.

Mas porque tudo isso, Vini?

Parai instalar essas novas crenças, precisaremos criar novas conexões neurais e só tem dois jeitos (que eu conheço) pra isso:
Um acontecimento de alto impacto emocional ou repetir insistentemente pra nós. No nosso caso, iremos usar a segunda. Novamente, just do it. 😉

E se você chegou até aqui(parabéns) e nao praticou nada do que passei, saiba que não haverá mudanças positivas, digamos que você ficará num ponto neutro. É isso que você quer? Não! Então, PRATIQUE os ensinamentos. Saia da Sua Zona de Conforto! Confie em mim, eu acredito que juntos podemos virar esse jogo! Deixa o conhecimento comigo e seja o esforço e dedicação! Alinhando o conhecimento com esforço e dedicação, o SUCESSO É INEVITÁVEL. TÔ CONTIGO!!!

Conclusão e 2 RECADOS FINAISbob

Essa é mais um tipo ação (atitude e comportamento) que você vai tomar alinhada com o seu propósito que irá encaminhar você para o sucesso contra as crises de pânico. SAIA DO PILOTO AUTOMÁTICO! Acompanhe o Projeto Instituta, acompanhe o meu trabalho e juntos, vamos fazer A SUA transformação e/ou a de seus parentes e/ou conhecidos! Se esse post fizer a diferença para uma única pessoa, eu já estou satisfeito! E se essa pessoa é VOCÊ, gratidão!

Agora tenho 2 (dois) RECADOS pra passar.

Recado 01 de 02: Me ajude a Ajudar mais pessoas – Por favor, me ajude a espalhar essa mensagem! Compartilhe esse artigo! Eu faria o mesmo por você!

Eu realmente acredito que esse post é de alto impacto contra astumblr_lk8il4RO9N1qi9s7ao1_500 crises de pânico e se o mundo soubesse do material contigo aqui, com certeza teríamos muito menos sofrimento. Compartilhei essas informações com você e agora preciso que você me ajude a espalhar essa mensagem para um número máximo de pessoas. Dessa forma você ajuda o Projeto Instituta a crescer e diminuir o sofrimento das pessoas e tirar também as mesmas do piloto automático e alavancando-as para o Sucesso Contra Crises, de Vida (Pessoal e Profissional).

Compartilhando o Artigo, o que acontece?

– Você contribui com o crescimento do Projeto para ajudar mais pessoas que podem ser seus parentes, amigos, colegas e até inimigos – Ninguém merece sofrer;
– Você ajuda a me ajudar mais pessoas e certamente a pessoa irá te agradecer pela indicação;
– Me ajuda a buscar mais forças para escrever o livro PRA VOCÊ;
– Contribuí como o intermediário na mudança de vida das pessoas, fazendo a diferença. Você já fez a diferença na vida de alguém hoje? Que tal fazer isso agora?
– Se apenas uma pessoa for beneficiada essas palavras do posto ou do Projeto, eu já me dou por satisfeito;
– Você agrega postagens úteis ao seu Facebook, e não mais somente vídeos de pegadinhas ou tragédias.


Mas se você não compartilhar e ignorar, o que acontece:

– Um grande número de pessoas continuará sofrendo sem necessidade pq vc deixou de apertar o botãozinho lá do face e compartilhar. Imagina?;
– As pessoas continuarão vivendo no piloto automático da vida delas e das crises, muitas vezes numa vida limitada.
– O Projeto Instituta dependerá de investimentos (dinheiro) para divulgar a nossa mensagem contra estados ansiosos para um número maior de pessoas, e isso será prejudicial pra mim e pra você, os custos irão aumentar por aqui e vai complicar. Imagina?
– Você abre espaço para compartilhar mais porcarias no Facebook e torná-lo aquilo viciante pra você ao ponto de prejudicar você no seu trabalho e até mesmo com as crises de pânico (já escrevi um post sobre isso aqui no site); 
– Com os custos elevados, escrever o livro ficará mais difícil, e manter o projeto ativo também;
– Mas se você não compartilhar e ainda sim o mesmo te beneficiar, ainda irei me dar por satisfeito.
 
Em vista dos dois casos, qual você irá escolher fazer agora? Apertar o botãozinho de compartilhar ou ignorar ? 

Recado 02 de 02: – Receba meus materiais que não são publicados aqui no Blog. É gratuito.vinicius tadeu

Já são mais de 3.500 seguidores ATIVOS que acompanham e recebem os meus e-mails. O que você está esperando para se juntar também? Se você sofre APENAS com ansiedade, use o formulário de cadastro do TOPO do site. Mas se você sofre com CRISES, cadastra nesse aqui abaixo que além disso, vou te enviar gratuitamente 1 dos meus 3 livros digitais:
1 Manual Prático com 10 técnicas de enfrentamento de crises – Vinícius Tadeu
Mas não esquece de compartilhar esse post pra me ajudar a ajudar mais pessoas…

Crises de Pânico? Receba o Meu Material ESPECIAL para Controle e Eliminação!

Para receber minhas dicas gratuitas, aulas ao vivo, vídeos, mini-cursos e até mesmo meus programas mais avançados quando eu abro vaga, cadastre-se abaixo gratuitamente. >


Warning: Missing argument 1 for cwppos_show_review(), called in /home/instituta/public_html/wp-content/themes/flat/content-single.php on line 29 and defined in /home/instituta/public_html/wp-content/plugins/wp-product-review/includes/legacy.php on line 18